4 de mar de 2010

RODA DE CANTIGAS - SHOW DE MUSICA


Espetáculo RODA DE CANTIGAS que traz o amigo Zé Zuca e a BANDA de BRINQUEDOS. Dalus, violino. Michel Nascimento, percurssão. Roger Mariano, violão e cavaquinho. Giuliano Gaspar, flauta. Neste espetáculo toco zabumba, faço mímica, recito e canto. Todos cantamos.


O espetáculo é um resgate de músicas de roda e parlendas. A barata diz que tem... ciranda cirandinha... Se essa rua fosse minha e muitas outras cantigas da cultura da infãncia. Uma festa onde o público é convidado a dançar, lembrar, cantar e brincar de roda.



É um trabalho muito delícia de fazer. Muito divertido e de uma empatia maravilhosa. Um elenco de primeira, grandes artistas vestidos em boas pessoas. As famílias saem do teatro em estado de graça. Viva ao teatro, a música.


O espetáculo teve estréia em 2008 no teatro Sérgio Porto no Rio. 2010 no Teatro do Jockei. Apresentou-se no viradão cultural 2010 e no 12 de outubro na festa da Cidade da Criança RJ. SEC. CULTURA, Prefeitura, Rede Globo. (lâmbido!)rs.

estamos rodando em eventos, Até Lá.

29 de jun de 2009

CASA DA RUA DO AMOR



-->
Estou a cada dia mais encantando com os trabalhos na Casa da Rua do Amor. Um projeto capitaneado por uma equipe de artistas de teatro, artes plásticas, literatura, e que atuam neste centro cultural em Urucrânia - Santa Cruz. Na Av. Brasil.

Voltado para a comunidade, jovens, crianças, senhoras e senhores da região. 
Lá aprendem pela arte, trocam, enchem de cor e criatividade aquele espaço. 
Pelo quintal entrando na casa a sala de aulas práticas de teatro, musica... 
Saudações especiais para o lanche sempre depois das aulas. Ummmm....

Luiz Vaz, amigo e um dos coordenadores fez-me o convite, aceitei.

Fiquei dois meses ministrando uma oficina de teatro corporal para um grupo de jovens. 
Um trabalho que me desperta profunda emoção artística. 

Trabalhamos nas primeiras semanas jogos teatrais. Equilíbrio. O espaço. Atitude e movimento. Mímica Ilusória. Foco. Olhar. Estamos experimentando as dinâmicas do corpo, a respiração. Os diversos olhares e ações para o espaço cênico. A maioria dos jovens já fizeram outros trabalhos na Casa da Rua do Amor, outras montagens. Eu, a primeira vez.

Como proposta do convite a preparação dos atores para a encenação de trechos de A Barca do Inferno. Gil Vicente. As partes escolhidas estão servindo como base para a estruturação das cenas. Exercício para a percepção de cada um, individualmente e do conjunto. 
Na criação da cena estamos a nos experimentar. Luiz dirige as cenas que elaboramos.

As vezes lembro-me mais jovem. Ávido pelo teatro. Minha necessidade de conhecer os caminhos do palco, da cena, e que me levavam a andar e estar presente onde o teatro estivesse acontecendo. O tempo passa e continuo estando nestes lugares. Em muitas vezes fazendo o teatro acontecer.
Um amor a Casa da Rua do Amor. abs gente!

11 de jun de 2009

HOMEM NENHUM - DIREÇÃO














Uma grata satisfação foi trabalhar com o grupo LUMINUS. A generosidade do grupo no processo de trabalho, a entrega dos atores e a confiança, geraram um espetáculo onde a função do teatro,  à mágica teatral se faz presente.


Bons processos associam bons e comprometidos profissionais. Fábio Terranova - sonoplastia, Pablo Rodrigues - iluminação, Marcia Valeria voz e assistente de preparação atoral... valeu equipe.